segunda-feira, 30 de agosto de 2010

No meu deserto, Miguel Sousa Tavares

Li este livro em Novembro passado, no meio de muito trabalho, no mês em que menos li; escrevi umas linhas que só agora para aqui passo. Como não consigo postar a foto da capa, deixo-vos o link com a sinopse.
É um livro na primeira pessoa com um tom encantatório, aliado à descoberta do deserto e da personalidade de uma mulher, acompanhante do narrador. O ponto de vista é sempre um pouco egocêntrico, mesmo arrogante e no topo de um narcisicmo um pouco (um pouco...) cansativo... Mesmo quando é a perspectiva da personagem feminina é através dele que nos chega e é um reflexo semelhante.
Gostei do tom poético, senti-me a fazer aquela viagem (adoro o deserto, diz-me que as minhas mais longínquas raízes são lá, especialmente na região da fronteira Tunísia-Argélia) mas nunca com aquela pessoa cheia de manias... É um livro pequeno que se lê rapidamente e nos transporta para o calor e a paisagem do deserto.

2 comentários:

Maria Pereira disse...

Li este livro à algum tempo e gostei,lê-se rapidamente e faz sonhar com terras distantes

Bem vinda de volta

Maria Pereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.