terça-feira, 3 de junho de 2008

Livro do mês de Junho?

Como aparentemente andamos todas ocupadas, poderíamos continuar a leitura do livro do mês de Maio (que eu não comecei...) e escolher qualquer coisa pequena para Junho, talvez até um conto. Como Junho se inicia com o Dia Internacional da Criança, porque não uma leitura que tivesse a ver com crianças? Claro que sugestões são precisas. Por mim, só me consigo lembrar do Capitães da Areia (publicado há pouco ou a publicar) mas lemos Jorge Amado há pouco tempo; os Esteiros do Soeiro Pereira Gomes já aqui foram sugeridos (mas o livro não deve ser fácil de encontrar, lá vamos às bibliotecas). são os que me ocorrem quando penso em crianças desprotegidas e desfaforecidas. Além destas sugestões, lembro o conto «Arroz do Céu», de José Rodrigues Miguéis, da colectânea Gente de Terceira Classe. É curto, fala de imigração, é estudado no 7º ano e tem uma edição ilustrada para crianças. Digam coisas!

18 comentários:

Tânia disse...

Eh pá, eu já tenho o livro de Maio lido há uns dias... Dentro em breve vou ter o puto, de maneira que aí realmente a disponibilidade, até definir novas rotinas, deve abrandar. Como sugestão, posso ser oportunista e sugerir o clássico "Retrato de Dorian Gray", que estou a ler agora. Continuando no oportunismo, sugiro ainda A Cidade e os Cães, do Vargas Llosa, que quero muito ler. bjs

Susie disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Susie disse...

Fui eu que sugeri Os Esteiros, e acho que está bem enquadrado no tema "crianças", está no Webboom bem baratinho. Temos também o Principezinho...mas acho que essa já toda a gente deve ter lido. Do imaginário infantil lembrei-me da Alice Vieira: "Rosa, minha irmã Rosa" ou "Os olhos da Ana Marta", ou qualquer um dos outros, são todos fabulosos.

InêsN disse...

eu, que ainda não aderi a isto a sério, sugiro uma leitura fácil mas eternamente meiga: os livros da alice vieira que liamos em pequenas.

:)

AnaBond disse...

não me lembro de ter lido nada de Alice Vieira... por mim, escolham um.

Mar disse...

Qualquer um da Alice Vieira parece-me bem. Voto nos Olhos de Ana Marta ou na Flor de Mel. Confesso que tenho algum medo de reler o Rosa minha irmã Rosa e de isso quebrar o encanto (o livro marcou-me muito).

O Pepetela tem um livrinho lindíssimo para crianças chamado "A montanha da água lilás", e o Salman Rushdie outro do género (e igualmente bonito), "Harum e o mar de histórias". O Jorge Amado tem "O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá". Há tantos!

(também ainda não acabei o livro de Maio, mas estou quase).

Cristina disse...

Eu voto na Alice Vieira. Vou de férias e preciso de um livro pequenino.
Ainda não acabei o de Maio...

Cristina

Tânia disse...

Tenho o mesmo receio da Mar... Mas, se a aposta vai nos livros infantis, voto indiscutivelmente na Alice Vieira e arriscaria, apesar de tudo, a Rosa, minha irmã Rosa

Karla disse...

Vou arriscar dar um palpite apesar de não ter conseguido participar quase nada até aqui. Como sou fã de literatura infantil... :)

- Qualquer um da Alice Vieira
- a História do Gato Malhado e da Andorinha Sinhá (linda)
- As Aventuras de João Sem Medo (José Gomes Ferreira), um misto de aventuras e fantasia
- qualquer um infantil da Sophia de Mello Breyner Andresen, com especial destaque para A Fada Oriana e A Menina do Mar (e A Floresta, e O Cavaleiro da Dinamarca, e... bom, é melhor calar-me)

(se me lembrar de mais aviso)

Mãe da Rita disse...

A Alice Vieira é uma óptima ideia! Reli há pouco o Rosa minha irmã Rosa com o mesmo encantamento de há alguns anos (nunca em criança mas já no fim da adolescência). Há uma edição especial comemorativa, acho que ilustrada. Fica decidido? Também há um livro para crianças do Saramago (e ela a dar-lhe...), com umas ilustrações fantásticas... Pena não me lembrar do nome... E se cada uma «tentar» apresentar um livro para crianças durante este mês? Que dizem?

pal disse...

sou vossa leitora silenciosa desde o início :)

ia falar de um livro, que li há pouco por sugestão do lado miúdo do meu pai, de que a karla já falou:

As Aventuras de João Sem Medo... adorei! apesar das múltiplas interpretações políticas por detrás de quase todas aquelas fantasias, foi muito curioso ler um comentário do autor no final do livro (num estilo muito bloguístico, diga-se) a desmistificar essa ideia: as metáforas consideradas descaradas foram feitas quase ao acaso! :)

flores disse...

Tb ainda ñ acabei o de Maio. (Maio e Junho são meses mto complicados para mim) mas estou prestes e tb voto na Alice Vieira, para começar, e mm na Rosa, minha irmã Rosa.

Cool Mum disse...

Eu ainda não acabei o de Maio, e alinho em qualquer das propostas já apresentadas.

AnaBond disse...

e que tal decidirem até amanhã? ;)
é que vou de férias e assim levava mais um... tenho 4(!!!) em lista de espera lá por casa, daqueles que quero mesmo ler.

aqui na biblioteca da minha empresa existe apenas um de Alice Vieira (a espada do rei afonso) e nenhum mais dos que foram mencionados. por isso, tenho de ir o buscar a outro lado...

digam coisas. rapidinho, de preferência ;)

Susie disse...

Eu voto na Alice Vieira, em honra ao m~es das crianças. Rosa, minha irmã Rosa ou Os olhos da Ana Marta.

Nucha disse...

Mais um voto: Rosa, minha irmã Rosa, da Alice Vieira.

Karla disse...

Mãe da rita: esse livro do Saramago de que falas será A Maior Flor do Mundo?

Mãe da Rita disse...

Karla: issssso mesmo! Já o espreitei algumas vezes e gostei das ilustrações (há livros infantis que são uma perdição).